Os jovens de Nomadelfia concluíram sua jornada de pesquisa e discernimento por sua vida no Santuário de Nossa Senhora de Loreto.

Se Cristo nos chama a viver como irmãos, por que não devemos aceitar que podemos realmente alcançá-lo? Então, 30 jovens partiram no final de agosto, acompanhado por um padre e uma mãe, para ouvir a vontade de Deus.

Partindo de Roma, do mosteiro beneditino de Subiaco, passaram pelo santuário da Santíssima Trindade em Vallepietra, para continuar em direção a Tagliacozzo. Parando primeiro em Rigopiano e depois no santuário de San Gabriele dell'Addolorata, eles finalmente chegaram a Loreto, onde tiveram a graça de poder celebrar a Santa Missa dentro daqueles muros que viam Maria quando criança e, acima de tudo, ouviam sua resposta. ao Senhor, que através do anjo Gabriel pediu que ela a recebesse para realizar seu projeto de redenção da humanidade. "Esses dias de caminhada, tanto física quanto espiritual, foram uma preparação para encontrar Maria, para reviver com ela seu" sim "ao chamado de Deus, o" sim "de uma menina que mudou a história", jovens cheios de alegria contam.

Ao longo da jornada, foram acolhidos de maneira especial, podendo tocar a beleza da fraternidade e compartilhar com as mãos, experimentando o esforço da jornada, mas também a beleza de conquistar a meta. Escutando a leitura do Evangelho da Anunciação, deixam-se questionar pela Palavra sobre o mistério da encarnação, que pede a cada homem a disponibilidade e abertura para acolher a palavra de Deus.

"Este caminho - que produz frutos no silêncio e na vida cotidiana - encheu-nos de alegria, de esperança de desejo de dar resposta ao amor de Deus ”.