A peregrinação de jovens postulantes em Puglia terminou. De 2 a 7 de setembro, caminhamos de Fossacesia para Monte S. Angelo, liderados por dois padres, sobre as palavras dirigidas pelo Papa Francisco aos jovens nos dias de reunião em preparação para o Sínodo de 2018. "É bom não fazer o mal, mas não é mau fazer o bem ”, os dois aspectos das promessas batismais. Já em agosto, nossos filhos mais novos haviam participado do encontro com o Papa no Circo Máximo e na Santa Missa. Seguindo o convite do Papa para não renunciar ao sonho que Deus colocou no coração de cada um de nós e realizá-lo com coragem, sem ser condicionado pelo julgamento dos outros e consciente de ser amado por Deus, percorremos o caminho que Don Zeno, em 1943, ele fez passar a frente e chegou na Itália ocupada pelos aliados. Em um período histórico incerto e quando o medo dominava a vida dos homens, Don Zeno nunca parou de cultivar o sonho que Deus colocou em seu coração. Em sua história da viagem para o sul, ele lembra: "Então eles disseram das mulheres: 'O que Deus faz agora?' Porque eu estava vestida de padre. Então um dia eu digo: 'Pare com isso ... Deus. Olhe lá fora - e havia um belo prado de flores - ele continua a fazer o seu trabalho. Você não vê as flores, as plantas e fizemos as bombas ".

Embora hoje vivamos "quietamente", muitas vezes estamos desconsolados e desmoralizados diante de um mundo para o qual é importante produzir, no qual achamos difícil confiar nos outros e em que, para uma vida tranquila, descansamos em nossos hábitos e nos arriscamos a abandoná-los. a coragem que deve nos guiar.

Paulo nos diz "Tudo é seu: o mundo, a vida, a morte, o presente, o futuro. Mas você é de Cristo e Cristo é de Deus ".

Nos caminhos da misericórdia concluímos a viagem ao santuário de São Miguel Arcanjo: com Jesus e só com Ele podemos vencer o mal e, com coragem, fazer o bem permanecendo no seu amor.