Foi a bênção do bispo de Rimini, Francesco Lambiasi, que iniciou as danças na Piazza Adamello, uma noite acompanhada por cerca de 800 pessoas atenciosas e envolvidas. "Onde dois ou três estão reunidos em meu nome, eu estou com eles", ele lembrou os dançarinos, pais e mães de Nomadelfia reunidos atrás do palco antes do show começar. "Eu oro com você porque as pessoas que vieram esta noite ver que você não é 50, 100 ou 130, mas que você é um».

É uma mensagem forte lançada nas praças através de danças, vídeos, músicas e cenas. É possível viver como irmãos. Também é possível hoje viver os valores do Evangelho. Solidariedade, partilha e justiça não são uma utopia, mas devemos começar por nós mesmos, sem esperar que os outros mudem primeiro.

No final da noite, foi o Bispo que dirigiu a última saudação do palco: «Gostaria de dizer a todos vocês que juntos desfrutamos deste maravilhoso espetáculo que está por trás dos bastidores. Eu vi, Nomadelfia é isso, mas também é tudo que existe por trás ... Há muitas pessoas que não aparecem aqui, mas que estão nos bastidores: figurinistas, aqueles que montam o palco, as luzes, o som e tudo mais. [...] Vamos nos lembrar desse dia por muito tempo. Ontem passou e não podemos mais fazer nada. Hoje nos deixou este lindo sinal, nós não queimamos tudo esta noite. Que realmente esse rastro de luz que começa no Nomadelfia continua a iluminar nosso caminho. Saúdo-te com a saudação de batedor: bom caminho a todos! »

Para fortalecer uma amizade já iniciada com Dom Zeno, o Bispo alguns dias antes de ele ter alcançado o nomadelfi em Viserba participaram de turnês de verão e passaram uma manhã juntos.

"Havia um pequeno coração que tinha sido assim desde que nasceu (ele se contraiu e relaxou)", ele começou a pedir permissão às crianças para contar uma história curta, mas curta. "O coração é um músculo, recebe sangue das veias e o envia para as artérias. Mas um dia esse coração se cansou de sempre fazer a mesma coisa, mesmo à noite, todos os dias, até as férias. "Chega! Ugh! Eu fiquei entediado! "disse esse coração. "Eu só quero receber, porque me cansar". E em poucos segundos ele recebeu sangue de todo o corpo, tanto que estava prestes a estourar e disse: "Não, não, não, não ... eu quero fechar a válvula venosa e quero abrir apenas uma das artérias. Eu só quero dar, dar, dar, não receber mais ”. Mas em alguns momentos ele não tinha mais o sangue vindo de suas veias e pof, pof, pof ... ele estava prestes a sufocar. Então ele imediatamente abriu a válvula das veias mantendo ambas abertas e disse: "Aahhh! Que bom! Receba e dê. Receba para dar ”. Jesus já havia dito isso. Você recebeu gratuitamente, livremente você dá ».