Desde que o anúncio foi feito de que o papa visitou Loppiano e Nomadelfia no mesmo dia, vimos a decolagem uma amizade começou há muito tempo entre nossas duas realidades. Nos últimos dias de abril houve uma troca de visitas entre as escolas de Nomadelfia e os jovens de Loppiano, enquanto em 1 de maio alguns jovens de Nomadelfia levaram seu testemunho ao Genfest. Mas nosso caminho já havia cruzado outras vezes, e cada uma dessas reuniões deu frutos.

Um dos resultados mais significativos deste diálogo é certamente a Economia Profética, um evento a ser realizado em Roma de 2 a 4 de novembro de 2018. Nomadelfia promoveu este evento juntamente com a Economia de Comunhão (EdC), ATD Quart Monde, o Global Catholic Climate Movement, SlotMob, Associação da Comunidade Papa João XXIII, Família Mundial da Comunidade e Teens4Unity. O objetivo do evento é abordar todas as associações, empresas, organizações e movimentos que acreditam no desenvolvimento humano integral e na sustentabilidade, trabalhando para uma transição para umeconomia ao serviço da pessoa e do meio ambiente. Encontrar uma solução para os problemas ambientais e sociais do nosso tempo, lançando as bases para o nosso futuro.

Sozinho podemos fazer pouco, mas juntos podemos fazer muito: para esta economia profética não será uma conferência, mas o começo de um processo, encontrar novas formas de colaboração, confrontar-se, buscar soluções sustentáveis, com especial atenção aos mais pobres. Com um competição das práticas de economia profética vamos dar visibilidade e reconhecimento aos muitos protagonistas da mudança. As crianças terão um programa dedicado a elas, para estimular sua inventividade e levar em conta sua visão.

Com esta iniciativa, nossas organizações parecem querendo aceitar o convite dirigido pelo Papa à EdC 4 de fevereiro de 2017, durante a audiência com os representantes do movimento: "A economia da comunhão terá um futuro se você a der para todos e não permanecer apenas dentro de sua" casa ". Dê a todos, e primeiro aos pobres e aos jovens, que são os que mais precisam ". Todos os promotores do evento expressaram a vontade de não querer permanecer fechado em si mesmo, mas querer participar ativamente de uma mudança que todos nós precisamos. Pois esta Economia Profética não será um evento confessional, mas será um presente para todos, acima das diferenças.

Para isso, rezamos a todos os nossos leitores que divulguem o máximo possível as suas paróquias, escolas, universidades, redes profissionais, parentes e amigos.