Com esta meditação de Don Zeno, queremos refletir juntos sobre o valor da escola e desejar a todos um bom começo de ano!

“Aqui é uma questão de aprender a viver não apenas estudando, porque há homens que estudaram e praticam o mal e muitas coisas. Você vê? Eles estudaram e guerras. Está tudo bem em fazer guerras? "Não". Pode-se estudar o tempo que ele quiser, mas se ele fizer essas coisas ...

Devemos aprender a viver e, para saber viver, devemos estudar a vida vivendo.

É o suficiente para conversar ou você precisa fazer? Esta não é uma escola morta, mas viva: significa que faz coisas que vivem. Um garoto precisa aprender a ler e escrever, tudo bem; mas é suficiente saber ler e escrever ou também é necessário saber viver? É preciso saber viver e também ler, escrever, porque é também viver lá; portanto, não é uma escola, mas parte da vida. A vida não é toda aqui, é também onde você vai comer e brincar; e quando você vai à missa, isso também é vida. "

A escola de Nomadelfia encontra nos pais e mães os arquitetos naturais da escola "familiar". A família assume uma função central. De fato, Don Zeno lembra em 1971: “não se trata de escola, também porque escola não é a palavra certa. A palavra certa é educação, treinamento, que começa no altar quando o casamento é feito e termina com a transição para a vida eterna.".

O objetivo de todo o ensino é basicamente de "Conhecer a si mesmos e suas necessidades (que são as mesmas de outros seres humanos), para serem úteis a toda a humanidade".